Comentando livros: Anjos e Demônios – Dan Brown

Falei no instagram que queria começar a ler um livro por mês e por enquanto estamos firmes. Para que vocês acompanhem minhas leituras, me mantenham na linha e – quem sabe- sintam-se inspirados a ler, decidi comentar as minhas leituras com vocês.

O meu livro de janeiro foi o Anjos e Demônios do Dan Brown. Anjos e Demônios, apesar de se passar um ano antes do livro O código Da Vinci, foi publicado depois. O meu é paper back, com essa capa que eu não gosto, e eu fiquei morrendo de medo de amassar tudo.

CAPAS-livro-DANBROWN

Vamos começar do começo, esclarecendo que em nota o próprio autor diz que “Todas as referências a obras de arte, a arquitetura, a túneis e a tumbas em Roma são inteiramente factuais – real- (assim como suas localizações exatas). Essas obras e monumentos ainda podem ser vistos hoje. A fraternidade dos Illuminati também é factual.” Ou seja, apesar de ser uma história ficticia, ela usa fatos reais.

A sinopse do livro conta que “Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, vive sua primeira aventura em Anjos e Demônios, quando tenta impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano.” Pelo título já podíamos esperar que a história tivesse algo a ver com religião, mas preciso dizer que alguns pontos pra mim foram mais que perturbadores.

Em diversos pontos do livro há reflexões sobre os demonios, a posição da igreja católica, fé x religião e as mídias que eu simplesmente precisei parar e refletir, ele foi fundo, bem na ferida. Como essa: “Às vezes, revelação divina significa simplesmente adaptar seu cérebro para escutar o que seu coração já sabe.”(pag.352)

Acho linda a forma como Dan Brown consegue transformar a história em algo tão intrigante, os costumes do Vaticano, os Illuminati, as teorias científicas e os pontos de Roma são explicados de maneira tão leve e tão fácil que fiquei me perguntando por que na escola parecia tão complexo. Ao mesmo tempo fala tão sério sobre todos esses fatos que quase comecei a achar que tudo era real. No livro grandes nomes da história são citados, como Galileu, Bernini, Copérnico e Papa Pio IX, mas eles estão colocados em contextos que não viveram. Por exemplo, Galileu e Bernini morreram antes do inicio (conhecido) dos Illuminati e tantas outras constatações que não podem ser levadas a sério.

Algumas das falas do Camerlengo me representam totalmente, como “A fé, todas as formas de fé, são advertências de que existe algo que não podemos compreender, algo a que temos de responder. Com fé, prestamos contas uns aos outros, a nós mesmos e a uma verdade maior. A religião é falha, mas só porque o homem é falho” (pag.279)

Espero que vocês tenham gostado! Já leu?! Comenta aqui – educadamente- o que achou.

Beijos, Vi.
Facebook | Twitter | Instagram | Canal

Continue Reading

Wishlist: Livros de organização

Eu sou muito fascinada por arrumação, não sei viver em ambientes bagunçados e odeio não ter as coisas agendadas e planejadas. Aprendi na internet métodos muito legais de organização, mas ainda assim, acho que tenho muito mais a aprender, por isso selecionei esse três livros que tenho desejado.

Livrosorganizacao-santaironia
“Em seu primeiro livro, Thais Godinho mostra ao leitor as melhores maneiras de organizar a rotina e a vida. Embora a palavra “organização” pareça estar ligada a uma realidade utópica, com as instruções da autora, viver em paz com as coisas no lugar ficará surpreendentemente fácil. O livro aborda a organização da casa, do trabalho e de todos os itens fundamentais para deixar o dia a dia mais tranquilo e, principalmente, para que o leitor possa ter muito mais tempo para a família e o lazer.”

A Thais foi a primeira pessoa ligada a organização e planejamento de vida que conheci na internet. No blog (vida organizada) ela dá dicas e explica o processo, muitas das dicas dela eu adaptei algumas para mim.

 

 

 

Livrosorganizacao-santaironia

 

“Aos 30 anos, a japonesa Marie Kondo virou celebridade internacional, uma espécie de guru quando o assunto é organização.
Seu método é simples, porém transformador. Em vez de basear-se em critérios vagos, como “jogue fora tudo o que você não usa há um ano”, ele é fundamentado no sentimento da pessoa por cada objeto que possui.
O ponto principal da técnica é o descarte. Para decidir o que manter e o que jogar fora, você deve segurar os itens um a um e perguntar a si mesmo: “Isso me traz alegria?” Você só deve continuar com algo se a resposta for “sim”.
Pode soar estranho no começo, mas, acredite, é libertador. Você vai descobrir que grande parte da bagunça em sua casa é composta por coisas dispensáveis.
Prático e eficiente, este método não vai transformar apenas sua casa – ele vai mudar você. Rodeado apenas do que ama, você se tornará mais feliz e motivado a criar o estilo de vida com que sempre sonhou.”

 

Livrosorganizacao-santaironia

 

“A Programação Neurolinguística, além de ser um método muito utilizado por coaches empresariais em todo o mundo, é uma ótima forma para você se conhecer e mudar seus hábitos que lhe fazem mal. Com ela, você reprograma seus pensamentos negativos para pensamentos e atitudes que o ajudarão em sua vida pessoal e profissional, e este livro apresenta as técnicas de duas importantes coaches de PNL, que mudarão a forma como você enxerga o mundo e a si mesmo.”

Organização não é só manter cada coisa em seu lugar, mas estabelecer uma quantidade viável de tarefas para um dia e cumpri-las com disciplica, tendo assim mais tempo para si ou para a família. Claro que aprender tudo isso é muito fácil, mas também é muito importante ter em mente que tu precisas cumprir com o cronograma, por isso a neurolinguística pode ajudar.

 

 

Tens algum livro para me indicar? Coloca aqui nos comentários 😉

 Beijos, Vi.

Facebook | Twitter | Snap: santaironiaa | Instagram | Canal

Continue Reading

Bookhaul- Jojo Moyes

Livros Jojo Moyes

Quem aí não pode ver uma livraria que pira e quer gastar até o que não tem? O que mais me animou foi ter ganho alguns vales presentes nesse tempo, então lógico que corri para uma livraria gastá-los. Amei poder comprar livros novos.

Depois que li Como eu era antes de você, eu simplesmente me apaixonei para escrita da Jojo Moyes e fiquei naquela depressão pós leitura, querendo mais. Acabei comprando todos os livros dela que achei na Saraiva.

Se tem uma coisa que me anima é ter livros novos. Estou muito ansiosa para ler todos e contar para vocês o que achei.

Beijos, Vi.

Facebook | Twitter | Snap: santaironiaa | Instagram | Canal

Continue Reading

6 livros para ler em 2016

635860001680662196-1512759898_books-2

Umas das minhas metas de 2016 é ler mais, seja lá o que for. Em 2015 não li quase nada comparado ao que sempre li e eu realmente não quero perder o habito de ler. A organização é algo que tava faltando na minha rotina, então eu perdia muito tempo pensando no que fazer e precisava tirar o tempo de ler para fazer as coisas que devem ser feitas.

Sendo assim, escolhi 6 livros que eu gostaria de ler em 2016, vou começar com uma meta pequena, assim caso eu leia só os 6, a meta foi cumprida, mas caso eu consiga ler mais, perfeito.

livros-16

 

  1. O papai é pop (Piangers) –  “Então, você vai ser pai. Você sabe que precisa comprar uma casa maior. Tem que ter mais espaço pra criança. Tem que ter mais um quarto no apartamento. Tem que ter um berço novo, não pode ser aquele que a vizinha se dispôs a emprestar. Então você sabe que tem que trocar de carro, com seis airbags, no mínimo, ar-condicionado de fábrica. O que o humorista Marcos Piangers descobriu ao ser pai jovem é que essas preocupações não fazem diferença nenhuma. O que vale mesmo não é pagar pela melhor creche, se você é o último a buscar seus filhos. Não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam mesmo é das brincadeiras que não custam nada. No fundo, o que importa mesmo, como os textos divertidos e emocionantes de Papai é Pop mostram, é você estar com seus filhos, não pensando em outra coisa, mas estar lá. De verdade.”
  2. Para Onde Vai O Amor? (Carpinejar) – “Você que está vendo este livro com dúvida se precisa dele, você não precisa dele, precisa de si, vive caçando uma palavra que confirme o que deseja, está atrás de um escritor que possa lhe recomendar de volta para quem brigou, com capacidade de explicar o que sente e traduzir seus tormentos. Mas já sabe o que deseja, não há como convencer do contrário, os amigos mostraram que seu relacionamento não tem futuro. Não acredita neles, acredita somente no milagre. E como justificar um milagre, ainda mais para quem não tem mais fé? Eu entendo o que está passando: sua raiva, sua amargura, seu cinismo, seu desencanto. Percebeu que a razão não conforta, que a vingança ou o perdão não ressuscita a tranquilidade, que o fundo do poço nunca se equivale ao nosso fundo. Você parece normal, mas todo mundo deixa de ser normal quando se apaixona e se separa.
    Se sua expectativa é por uma solução, eu guardo apenas uma certeza que trará alívio mais adiante: você não vai desistir. Quando diz que acabou a relação, é que está procurando um outro jeito de recomeçar. “
  3. Depois de você (Jojo Moyes) – “Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.”
  4. Simples Assim (Martha Medeiros) – “Por que complicar ainda mais? Acordou mal-humorado? Respire fundo, abra a janela e pense que no final do dia você encontrará seus amigos para um happy e dará boas gargalhadas. O carro quebrou no meio da rua? Sinalize e espere o guincho em segurança. O namoro está mais para morno? Chegou a hora de pôr um fim a relacionamentos que não levam a nada. Está achando a vida um marasmo, sempre fazendo as mesmas coisas, vendo as mesmas pessoas e não aguentando mais ver sua cara de cansaço no espelho? Dê uma guinada. Simples assim.”
  5. A teoria de tudo (Jane Hawking) – “A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos – entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen.”
  6. Os 13 Porquês (Jay Asher)- “Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker – uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.”

Claro que, caso eu não consiga comprar todos ao longo do ano, não tem problema substituir os títulos.

Beijos, Vi.

Facebook | Twitter | Snap: santaironiaa | Instagram | Canal

Continue Reading

Livro: O fim de Alice

do instagram @santaironiaa

Há alguns meses ganhei mais um livro do autor (e amigo) Lucas de Melo Bonez, o primeiro foi Silencio em poema. Esse eu não sabia nada sobre. Não sabia sinopse, enredo, tipo de escrita, tipo de texto, absolutamente nada.

Fui em uma caça ao tesouro, descobrindo a história e os personagens aos poucos e posso dizer?! Como eu estava com saudades disso. Em tempos de internet, já vamos à livraria com os títulos escolhidos, perdemos a magia da escolha “pela capa”, do ler apenas a sinopse e ficar curioso – ou não para saber o resto da história.

O livro em questão é O Fim de Alice. Um conto incrivelmente instigante, incrível e absolutamente imprevisível. Fiquei até a última página tentando imaginar mil e um finais possíveis e fui surpreendida com um totalmente diferente dos que minha mente escreveu.

Não vou explicar a história, pois quero que vocês vivam a mesma experiencia que eu, de ir se perdendo dentro do livro conforme a leitura avança. O que posso dizer é que eu simplesmente devorei o livro. Cada página, cada capítulo, tudo é muito bem pensado e estruturado para manter o ritmo da história.

Já estou ansiosa para ter o próximo em mãos. O lançamento do terceiro livro do Lucas, Confissões, será na Feira do livro de Porto Alegre, dia 31 de outubro, às 18h. Nos vemos lá?!

Continue Reading

Livro: Como eu era antes de você – Jojo Moyes


Ouvi muita gente falando dos livros da Jojo Moyes e em uma tarde na livraria resolvi dá-la uma chance. Demorei um pouquinho para me permitir gostar da história. Tenho essa mania estranha de resistir à personagens que todos já dizem amar. Mesmo assim, amei! Amei Lou com seu jeito destrambelhado e determinado, amei Will e seu jeitão mal humorado.

O Wil…Pude vê-lo, em minha mente, perfeitamente -inclusive meu crush literário. O homem que costumava por a prova todos os seus medos, se vê tetraplégico, sem poder fazer nada do que mais lhe dava prazer de estar vivo. Lou chega trazendo um pouco de cor aos dias cinzentos de Will e encontra no único amigo de Will, Nathan, um aliado na difícil tarefa.

O livro é incrivelmente apaixonante. A história, mesmo triste é muito leve e fácil de ser acompanhada. Muito rápido já me imaginei como parte da família, passeei pelos parques do castelo, pelo quartinho de Lou e pelo anexo de Will. Mal posso esperar para assistir ao filme.

Sem sombra de dúvidas esse já é um dos meus livros favoritos. Vou guardá-lo com muito carinho e planejo relê-lo em breve. Jojo Moyes está de parabéns.

Continue Reading

Livro: Não se apega, não – Isabela Freitas

Há alguns meses terminei de ler o livro da blogueira Isabela Freitas, o Não se apega, não. Confesso que só comprei esse livro pelo preço, não tinha ideia de sobre o que ele falava e enrolei o máximo que pude a leitura. Era um pouco de preconceito por ser um livro de blogueira, tinha aquela impressão de que seriam textos iguais aos do blog, então pra que comprar um livro se leio de graça na internet?!

Logo que comecei fiquei encantada com a facilidade de leitura. A linguagem é incrivelmente fácil e realmente me faz sentir como se estivesse conversando com uma velha amiga. O mágico desse livro é que ele tem um pouco de tudo, desde autoajuda até tapa de realidade, não dá pra enquadrá-lo em uma categoria só.

Não peguei esse livro esperando grandes revelações, nem mesmo alguma reflexão, mas foi exatamente o contrário. Não se apega, não me trouxe várias pequenas sacadas que eu jamais teria pensado sozinha. Foram vários “conselhos” sub entendidos em pequenas histórias da vida da personagem e o mais legal, cada um que ler vai entender uma “moral da história” diferente.

Super indico, mas óh… vai de coração aberto, viu?! Depois me diz o que achou 😉

 

Beijos,
Tia Vi.

 

 

Continue Reading

Livro: Cartas de amor aos mortos

SAMSUNG CAMERA PICTURES

No meio do ano comprei esse livro, depois de ter lido muito sobre ele na internet. Sempre fui muito fã de livros contados através de cartas e e-mails. Fiquei um pouco com o pé atras por causa do título, confesso, mas assim que li a sinopse, decidi investir na leitura.

A sinopse:

“Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.”

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Bem, o livro conta a história da Laurel, que acabou de perder a irmã mais velha, May. May era o centro do mundo de Laurel, era a irmã, a mãe e a melhor amiga. Laurel amava como May conseguia contornar qualquer situação e fazer as pessoas ao seu redor mais felizes, como ela era linda, segura e admirada por todos. Laurel se vê desprotegida sem a irmã, seu ponto de referência.

Laurel teve de lidar com a perda sozinha, pois o pai acabou se fechando e a mãe fugiu, deixando a família para trás. Ela decidiu começar em uma nova escola para evitar perguntas sobre a morte da irmã e logo no inicio das aulas a professora propõe que os alunos escrevam cartas à pessoas que já morreram. Laurel vê aí uma chance de compartilhar seus pensamentos confusos pela perda da referência e o medo de não ser boa o suficiente para ” ficar no lugar da irmã”.

Começa aqui toda a trama. Os novos amigos, o primeiro amor, as aventuras e as descobertas.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Confesso que não estava esperando muito dessa leitura, mas me surpreendi. A narrativa é simples e fácil de ser acompanhada. Fiquei bem ansiosa para entender Laurel e seus amigos. Me identifiquei demais com algumas partes da história. É muito legal a forma como a Laurel vai se descobrindo ao longo do livro. Aos poucos ela vai deixando de ser uma cópia da May e se tornando a verdadeira Laurel.

O fato de varias celebridades serem citadas não atrapalha no andamento da leitura. Em cada carta Laurel explica a relação do destinatário com a situação contada e a compara com as situações vividas pelas celebridades. Acabei descobrindo coisas sobre o Kurt, a Amy e o Ledger que eu nem sonhava algum dia descobrir.

Preciso contar que meu personagem favorito foi Tristan, que junto com Kristen, deu os melhores conselhos à Laurel. Foi a coisa mais linda e bem que eu queria tê-los como amigos. Cheguei a compartilhar uma das frases de Tristan no Twitter, tamanho foi o amor!

Enfim, apesar de ser um livro pesado – falar sobre perda não é fácil – de sentimento, é um livro sobre amor. O amor da Laurel pela irmã, pelos amigos, pelos pai e pela tia. Um amor puro. Vale a pena ler!

Continue Reading

Book Haul #1 – Novembro/2014

book haul 1

Vocês lembram daquela wishlist que eu fiz aqui? Dos livros para pedir de Natal? Pois bem, acabei comprando alguns. Perdi a Black Friday, mas ainda aproveitei algumas ofertas bem legais. Resolvi que esse podia ser um bom tema para fazer um vídeo novo pra vocês.

Não é sempre que eu tenho dinheiro pra investir em livros de literatura, a maior parte dos livros que compro são técnicos e não tem muito sentido mostrá-los pra vocês, a não ser que vocês gostem de história da arte, história do design, psicologia das cores e afins, caso afirmativo, me avisem e mostro as minhas bíblias haha

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=F9QBHxenlzo]

Já estou esperando outros livros chegarem (correios colaborem, please) e em janeiro sai mais um Book Haul, com certeza, mas não garanto que aconteça todo mês, ok?!

Continue Reading

Wishlist #1 – 13 livros para pedir de Natal

Vocês sabem que sou louca por listinhas. Faço lista de tudo mesmo, de coisas a fazer em um dia, até coisas para fazer antes do final do ano. Uma das maiores listas que tenho é a de livros desejados. Sempre assisto vídeos de Book Hall e houve uma época em que eu mesma cogitei a possibilidade de ser uma booktuber, mas acabou que a faculdade levou todo o meu dinheiro para livros, convertendo-o em xerox.

Maas Natal tá aí e não tem presente melhor que livros, né?! Começo essa lista pelos boxes, a parte um pouco mais cara, mas que compensa demais.

  1. wishlist literaria - boxes - santaironia - VickAlloyCalvin e Haroldo, preciso explicar que eles são muito amor e óbvio que todo mundo adoraria ter o box deles, né?!
  2. Box As peças infernais e Box Instrumentos Mortais- Depois de Twilight, não li nenhuma outra série, me sinto orfã, quem sabe essa não me ganhe, não é?!
  3. Saga Divergente – Ouvi a GFlores falando muito bem desse livro e resolvi dar a ele uma chance.
  4. Box Martha Medeiros – tenho o sonho de ter todos os livros da Martha, escritora que vive na mesma cidade que eu, e tenho acompanhado todos os lançamentos, o último foi esse box de crônicas, que precisa ser meu!

 

wishlist literaria - santaironia - VickAlloyAgora vamos aos livros propriamente ditos.

  • Fangirl – Uma Booktuber, que eu não vou lembrar qual agora, indicou e eu achei tão fofo que resolvi colocá-lo aqui.
  • Claros sinais de loucura – Esse já é desejado há tempo. Não o encontro de jeito nenhum a venda aqui na minha cidade, tá difícil, viu?!
  • Onde deixarei meu coração – CONFESSO, esse é desejado por ter Paris na capa. Quem em sã consciência não deixaria o coração em Paris?
  • A garota que você deixou para tras e A garota que eu era antes de você – Só ouvi falar bem da Jojo Moyes e resolvi que quero tentar lê-la também e como aqui é tudo ou nada, já quero os dois.
  • Não se apega não – O livro escrito pela Isa Freitas, blogueira. Li uns pedaços na internet e apaixonei. Eu quero!
  • O que eu sei de verdade – Li a sinopse no site do submarino e apaixonei. Não sou fã do estilo auto ajuda, mas espero que esse livro seja mais autobiográfico.
  • A menina mais fria de Couldtown – esse é o livro que nem li a sinopse, quero pelo título. Nem a capa é lá essas coisa, mas quem sabe a história seja legal, né?!
  • A estrada da noite – Li a sinopse e deu aquele medinho, logo pensei: vou levar! haha
  • Termine este livro- na verdade aqui entram todos os livros interativos como, destrua esse diário, 1 página por dia e this is not a book. Bora fazer os desafios nas férias!

É isso, gente! Agora quero saber de vocês, quais livros vocês querem de Natal? Vocês indicam muito algum livro? Me contem!!

 UPDATE: Os dois livros riscados já estão na minha estante aguardando para serem lidos 😀

Continue Reading
1 2 3 5