Salvou a minha vida…

Dia 22 de março, um dia que com toda a certeza ela queria esquecer. Chovia torrencialmente e ela corria o mais rápido possível. Ela estava cansada de tudo e de todos.

Eles queriam vê-la quebrada, perdida e eles conseguiram. Ela estava sangrando e não tinha certeza se queria ser salva.

Era incrível como palavras podiam machucar tanto. Ela parou de acreditar em si mesma, ela estava se deixando afundar, ela havia parado de lutar.

Ela mora em uma cidade irritantemente pequena e não gosta nada disso. Todos parecem odiá-la, todos acham que o mundo seria muito melhor sem ela. E agora, ela acreditava que eles estavam certos.

Já não lembrava mais a quanto tempo estava correndo. A dor já havia deixado de ser incomoda pra ela. Seus olhos estavam embaçados pelo choro, que ela não consegui segurar. Ela se chocou contra algo que ela não havia percebido estar em seu caminho.

Ele havia se mudado ha menos de dois dias, não conhecia ninguém e as pessoas dali não pareciam querer conhecê-lo. Ele havia saído para caminhar, mas foi pego pela chuva, voltava pra casa quando sentiu o choque de algo contra se peito, e ao olhar pra baixo viu que se tratava de uma garota, ela tremia e por reflexo ela a abraçou, tentando mantê-la protegida do frio.

Ela ficou surpresa, fazia tempo que nem mesmo alguém de sua família a abraçava ou manifestava

Ela não sabia, mas estava nos braços do que seria, agora, o motivo de sua vida. Ele não sabia, mas ela o faria o cara mais feliz do mundo. Eles não entendiam, mas sentiam-se completos. Nem ao menos sabiam o nome um do outro e no fundo, eles não se importavam com isso.

Nenhuma palavra foi dita, não era necessário. Eles ficaram ali,abraçados. Agora não estavam mais sozinhos, haviam salvo a vida um do outro.
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=80kJ8GUG7zI?rel=0]

Talvez você goste desses

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *